Quando Varizes São um Risco Para a Saúde?

Varizes são um perigo para a saúde?

O Brasil conta com mais de 2 milhões de casos de varizes por ano. Esse número expressivo é mais um indicador de que a doença é séria e precisa se tratada. Podemos definiri as varizes como veias torcidas, dilatadas e insuficientes que costumam aparecer nas pernas e pés e têm coloração azulada.

Quais são os riscos oferecidos pelas varizes?

Em grande parte dos casos, as varizes são benignas e não oferecem riscos para a saúde, sendo apenas uma preocupação estética. Porém, por vezes, há sintomas além do aparecimento das veias, que podem incluir:

Em grande parte dos casos, as varizes são benignas e não oferecem riscos para a saúde, sendo apenas uma preocupação estética. Porém, por vezes, há sintomas além do aparecimento das veias, que podem incluir:

  • dor e ardor nas pernas;
  • sensação de peso nas pernas (mais comum no final do dia);
  • leve inchaço, geralmente nos pés e tornozelos;
  • coceira na pele na região em que as veias estão aparentes.

Apesar de não apresentar complicações frequentemente, por vezes as varizes representam um problema mais grave no corpo humano. Por isso, é essencial ficar atento para compreender o que está acontecendo. Dentre os mais graves, temos:

  • coágulos ou bloqueio nas veias;
  • fístulas arteriovenosas;
  • veias profundas danificadas.

Além disso, existem alguns fatores de risco, ou seja, situações em que há chances mais altas de se desenvolver a doença. São elas:

  • predisposição genética;
  • gravidez — vale lembrar que esse tipo de variz costuma melhorar sem intervenção médica até um ano após o parto;
  • idade avançada;
  • obesidade;
  • trombose;
  • ser do sexo feminino, pois as mulheres têm mais chances de desenvolver a doença.

Tratamento para varizes

Existem algumas práticas que podem ajudar aqueles que estão em grupos de risco a ter menos chances de desenvolverem a doença, como praticar exercícios, levantar as pernas, usar meias de compressão, entre outros.

Porém, às vezes é preciso buscar ajuda médica especializada. Na maior parte dos casos, as varizes podem ser resolvidas por meio do autocuidado, apostando nas práticas que contamos acima.

Mas, além dessas medidas simples, pode ser que você precise realizar tratamentos específicos, como escleroterapia (injeções em um determinado vaso sanguíneo) ou uma cirurgia — que pode ser a laser, convencional, radiofrequência, entre outros.

Você se interessa por temas como esse e quer ficar sempre por dentro, para manter a si mesma e a sua família saudáveis? Então continue acompanhando o blog da Samel, onde temos inúmeros artigos como esse disponíveis.