Produtos Diet, Light e Zero: Você sabe a diferença entre eles?

Geralmente, quando vamos fazer compras no supermercado, nos deparamos com uma grande variedade de marcas e tipos de alimentos que são apresentados nas versões tradicional, diet, light e zero. Essas opções costumam causar confusão na hora da compra e aumentam a cada dia. Mas, afinal, qual deles ajuda a emagrecer, contém açúcar ou gordura?

Janice Petillo
Nutricionista do Hospital
Para esclarecer essas frequentes dúvidas, o Blog Conexão Saúde entrevistou a nutricionista do Hospital e Maternidade Samel, Janice Petillo, que explicou detalhadamente e diferença entre eles.

Light x Diet x Zero
Segundo a nutricionista, os produtos diet são isentos de determinado ingrediente, como o açúcar, o sódio, a proteína ou a gordura. “Esses alimentos são desenvolvidos para atender a grupos específicos de portadores de doenças metabólicas, como diabetes ou dislipidemias (presença de níveis elevados de gordura no sangue), por exemplo”.
Janice Petillo explica que nem sempre os produtos diet são indicados para quem deseja perder peso, pois, muitas vezes, possuem um valor calórico maior do que os alimentos que contém açúcar.
Para os portadores de diabetes, a nutricionista recomenda não exagerar no consumo desses alimentos. “O ideal é que o diabético tenha uma alimentação à base de fibras, incluindo frutas e verduras”.
Os alimentos light são recomendados para àqueles que se preocupam com o seu bem estar e a manutenção da saúde, ou, ainda, para aqueles que pretendem perder peso. No entanto, devem ser consumidos sem exagero. “Para atingir o efeito desejado, os alimentos light devem ser consumidos moderadamente, pois nem todo alimento light tem a finalidade de provocar o emagrecimento”.
Esses produtos reduzem a quantidade de calorias, gordura, açúcares, sódio ou outro nutriente em relação ao produto tradicional, e em geral, o produto light tende a reduzir em 25% o valor de algum destes nutrientes.
Já os produtos zero, “são aqueles que apresentam a isenção de um componente. Se a isenção for de açúcar, também apresenta redução ou restrição de calorias”.
O consumo dos produtos zero deve ser feito por indicação de médicos ou nutricionistas, pois, segundo Janice Petillo, “mesmo que tenha 0% de calorias, não significa que o alimento tenha redução de gorduras e sais minerais, com indicação de consumo para quem pretende reduzir medidas. Diabéticos também podem consumir, mas, apenas se o alimento for zero de açúcar ou sacarose.
Mas, lembre-se: a leitura de rótulos na hora da compra é fundamental para que não ocorram confusões.