Conheça os 4 Principais Motivos de Entradas em Pronto Socorro Infantil

Conheça os 4 Principais Motivos de Entradas em Pronto Socorro Infantil

As unidades de pronto socorro infantil costumam ficar constantemente cheias. É muito difícil para os pais conseguirem identificar que tipos de sintomas são graves o suficiente para ser necessário encaminhar bebês ou crianças ao pronto atendimento, já que nessa fase os pequenos ainda não têm clareza sobre a gravidade do que estão sentindo.

Principais razões de entrada em pronto socorro infantil

A coordenadora do Pronto Socorro Infantil dos Hospitais dos Planos de Saúde Samel, Dra. Judith Queiroz, explica que, muitas vezes, sintomas como tosse, chiado, febre ou vômitos podem configurar uma simples gripe, que é causada pelo vírus Influenza, ou resfriado. Porém, é sempre bom garantir que não fazem parte de uma doença mais séria.

Separamos as principais causas de entradas em pronto socorro infantil e seus sintomas. Confira:

1. IVAS (Infecção das Vias Respiratórias Superiores)

Contrair IVAS é bastante comum na infância. É praticamente impossível crescer e viver   sem ter que lidar com elas. As infecções das vias respiratórias superiores são um conjunto de doenças com sintomas bastante parecidos entre si, como tosse, mal-estar, obstrução nasal, febre e dor de garganta.

São consideradas IVAS:

  • resfriado comum;
  • nasofaringite;
  • amigdalite/tonsilite;
  • laringite;
  • otite;
  • rinossinusite (rinite e sinusite em conjunto, por isso a denominação).

 2. Gastroenterite

De acordo com a Dra. Judith Queiroz, a gastroenterite é uma inflamação no estômago que pode ser causada por bactérias, parasitoses ou vírus. Os principais sintomas são diarréia, vômitos e dor na região abdominal.

“Pode assustar muitas mães de primeira viagem, mas a doença é muito comum durante a infância por ser transmitida a partir do contato com alguém infectado e também com água e alimentos infectados”, ressalta.

3. Alergias diversas

Alergias são grandes causas de entradas no pronto socorro infantil. Muitos fatores podem causar alergias em crianças, ainda mais porque nessa fase não se sabe o que pode ou não causar uma potencial reação alérgica. Afinal, é uma fase de descobertas.

Os agentes causadores podem ser produtos diversos, como de higiene (shampoo, sabonetes, etc), alimentos (leite, frutas específicas, etc) ou até mesmo pelos e poeira.

4. Quedas

A ortopedia infantil também é uma das áreas mais procuradas. Crianças são muito ativas e adoram correr e brincar, o que torna a queda impossível de se evitar. Quebrar, trincar ou luxar partes do corpo é comum e não devem haver grandes preocupações quanto a isso.

“É importante frisar que os cuidadores não deixem bebês menores que ainda não andam, em cima de camas, pois a queda pode ocorrer ocasionando fraturas sérias. O mesmo vale para as crianças maiores sempre brincarem com um adulto supervisionando”, aconselha a Dra. Judith Queiroz.

Gostou de saber tudo sobre o que mais leva os pais ao pronto socorro infantil junto com suas crianças? Para mais curiosidades e informações como essa, continue acompanhando o blog da Samel.