Os cuidados que se deve ter com a pele nas diferentes idades

Manter a pele sempre hidratada, bonita e saudável é um desafio enfrentado por homens e mulheres de qualquer idade e para alcançar esse resultado, é preciso adotar uma série de cuidados dia após dia.
 
Mesmo que alguns desses cuidados sirvam para qualquer pessoa de qualquer idade, outros são mais específicos para cada faixa etária, e devem ser introduzidos à rotina no decorrer dos anos, a fim de suavizar o efeito do tempo.
 
De acordo com o médico dermatologista do Hospital Samel, Carlisson Zamith, “cuidar da pele é fundamental desde a infância, para que a pele não sofra tanto. Muitas pessoas acham que por serem jovens, não precisam seguir orientações básicas de cuidado”. Esse mesmo conselho serve para as pessoas com mais idade, que muitas vezes não conhecem os cuidados que devem ser seguidos. Neste post, você vai poder conferir dicas de cuidados que se deve ter com a pele de acordo com a sua faixa etária. Confira:
Entre 20 a 25 anos
De acordo com o especialista do Hospital Samel, nessa idade, o foco principal deve ser na prevenção, pois a pele possui uma boa quantidade de colágeno e elastina, substâncias essas que lhes dão sustentação e uniformidade à pele. Entre os cuidados básicos, estão lavar o rosto ao menos duas vezes ao dia, utilizando um produto adequado para o tipo de pele, aplicar hidratante após a limpeza e utilizar o protetor solar pela manhã.
25 a 30 anos
Nesse período, o indivíduo deve manter os cuidados básicos de limpeza e hidratação e intensificar o uso do protetor solar, passando-o diariamente no rosto, colo e mãos, para evitar o aparecimento de manchas. “Nessa faixa etária, cremes anti-idade podem ser usados para amenizar as linhas de expressão”.
35 a 45 anos
Entre 35 e 45 anos, deve-se manter os cuidados básicos, dando foco nas regiões ao redor dos olhos e da boca, para combater o aparecimento de rugas.
45 a 59 anos
A partir dos 45 anos, os cuidados com limpeza, hidratação e proteção solar devem ser intensificados, pois a pele sofre alterações com o passar dos anos. Nessa faixa etária, há uma degradação de colágeno maior do que na juventude. Por conta disso, é necessário estimular a formulação do colágeno para tentar ajudar a pele.
60 anos ou mais
“A pele perde a elasticidade e a firmeza, por isso, os tratamentos devem ser ainda mais intensos, mantendo sempre a limpeza diária, hidratação e proteção solar. Nessa faixa etária, a textura da pele é mais fina e a flacidez é comum, sendo os cuidados imprescindíveis para manter a boa saúde”, finaliza o especialista.
 
No geral, ter uma alimentação equilibrada e adotar hábitos saudáveis são recomentados para a saúde da pele em todas as idades.