Glaucoma — O Que É e Como Tratar

O glaucoma é a doença que mais causa cegueira em todo o mundo. Por isso, é essencial ficar atento aos sintomas e conhecer os métodos de tratamento, a fim de evitar que os sinais que seu corpo te envia passem despercebidos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 60 milhões de pessoas são portadoras de glaucoma em todo o mundo. Hoje a equipe do Grupo Samel separou algumas informações importantes sobre essa doença tão comum no Brasil. Confira abaixo e aprenda tudo sobre o assunto.

Afinal, o que é glaucoma?

O glaucoma é uma doença ocular causada principalmente pelo aumento da pressão no local, que acontece por conta de alterações no fluxo do líquido que preenche os nossos olhos.

Essa pressão acaba atingindo o nervo óptico, a parte de nosso corpo responsável pelo ato de enxergar, destruindo as células de nossa retina que enviam ao cérebro os impulsos nervosos.

A doença degrada gradativamente as fibras do nervo, o que, com o tempo, faz com que a visão seja totalmente comprometida. Porém, a evolução do glaucoma é lenta, então, quando identificada cedo e tratada de maneira adequada, o paciente pode até mesmo levar uma vida normal.

Em um primeiro momento não há sintomas aparentes, por isso é importante realizar exames com um oftalmologista periodicamente. Porém, a medida que a doença avança, pode-se observar a perda da visão periférica lateral, vista embaçada, dores nos olhos, entre outros.

Como é o tratamento do glaucoma?

O tratamento padrão para glaucoma é feito por meio do controle da pressão intraocular, aquela responsável por danificar o nervo óptico. Uma vez diagnosticada a doença, o maior esforço médico é para que ela não progrida, já que não há possibilidade de cura total.

Esse controle de pressão costuma acontecer por meio de colírios específicos, ocasionalmente, com remédios comuns.

O blog da Samel está repleto de informações para que você possa cuidar de si mesmo e de sua família! Confira as novidades e fique por dentro.