Como Escolher o Melhor Laboratório para Realizar Exames de Rotina?

Criar o hábito de realizar exames de rotina todos os anos é uma prática saudável que deve ser levada a sério. É muito importante visitar seu clínico geral e seu ginecologista ou urologista para retirar as guias dos exames que precisam ser feitos, só assim você vai ter a certeza absoluta de que seu corpo está saudável. Muitas doenças são silenciosas e não seriam descobertas sem a ajuda de um simples exame de rotina.
Com todas aquelas guias nas mãos, costuma surgir a famosa dúvida: em meio a tantas opções, qual o laboratório ideal para mim? Como escolher? O que considerar?

Especialidades do laboratório

Muitos laboratórios dispõe de equipamentos e profissionais experientes e qualificados em determinadas especialidades. Existem lugares onde toda a equipe é composta por mulheres, o ambiente é mais aconchegante justamente para proporcionar tranquilidade na hora de realizar os exames ginecológicos de rotina, por exemplo. O mesmo acontece com exames mais raros e neonatais.

Higiene do local e infraestrutura

Provavelmente você não vai passear por todas as instalações do laboratório analisando a limpeza e os equipamentos oferecidos ao paciente, mas existem alguns pontos que podem ser levados em consideração. Cheque o site do laboratório e veja se os recursos, máquinas e equipamentos são modernos e funcionais. Observe as áreas comuns, como recepção e banheiro, e note se os ambientes estão limpos e claros.

Cobertura do convênio

Exames podem ser muito caros, até mesmo os de rotina, mais simples. Por isso, se você não estiver disposto a gastar dinheiro com eles, é essencial checar com o seu plano de saúde quais são os laboratórios credenciados, bem como o valor coberto.

Qualidade do atendimento

Exames de rotina não são agradáveis, portanto, estamos sempre procurando um atendimento cordial e confiante. Muitas vezes não é possível checar esse tipo de coisa com antecedência, mas uma boa dica é olhar sites de reclamação online e observar o tipo de questão levantada pelo paciente. Outra opção é ligar para o laboratório e conversar um pouco para ter a certeza de que não existe descaso ou indiferença por parte da equipe.
Para entender melhor quando procurar um clínico geral, cheque o post no blog da Samel.