Câncer de Próstata: Um toque pode salvar sua vida!

O que é próstata?

A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

Quais sintomas podem indicar um câncer de próstata?

Sintomas como problemas de ereção, dor lombar, dor na bacia ou nos joelhos e sangramentos pela uretra podem ser sinais da neoplasia. Caso haja suspeita, os exames clínicos indicados são o exame de toque retal e a dosagem de uma proteína do sangue, conhecido como PSA, através do exame de sangue.

Fatores de Risco

O principal fator de risco desse tipo de câncer é a idade, já que casos da doença, bem como o risco de morte são mais comuns após os 50 anos. Entretanto, se a pessoa tem histórico familiar, pode apresentar um risco de desenvolvê-lo.

Como detectar?

O diagnóstico do câncer de próstata pode ser feito de duas formas: exame físico, também chamando de exame de toque retal e exame laboratorial de sangue (Dosagem de Proteína do Sangue – PSA).

“O exame de toque retal ainda é um grande tabu, mas, quando realizado por urologista experiente, pode identificar tumores bem pequenos. Quando aliado ao PSA, o ‘preventivo’ de próstata pode alcançar uma sensibilidade próxima a 90% na detecção desses tumores”, informa o urologista do Hospital Samel, Dr. Pedro Cintra.
Além do câncer de próstata, o exame de toque retal identifica outros problemas, como infecções ou inflamações, chamada de prostatite, além do crescimento da próstata, que recebe o nome de hiperplasia protástica benigna.
Com o avanço da idade, a dosagem do PSA tende a aumentar naturalmente, por isso, o resultado do exame pode dar alterado, o que não significa que o homem tenha câncer de próstata. Cerca 75 a 80% dos homens com aumento de PSA não têm a doença. Cerca de 20% dos homens com câncer de próstata sintomático apresentam um PSA normal.
Dependendo da região da próstata, o câncer pode não se palpável pelo toque retal, por isso, a melhor estratégia é realizar os dois exames, que são complementares.

Tratamento

O tratamento do câncer de próstata varia de acordo com o estágio da doença. Dessa forma, o paciente pode ser submetido à um procedimento cirúrgico ou utilização de medicamentos.