Aprenda a Identificar os Primeiros Sintomas de Depressão

Aprenda a Identificar os Primeiros Sintomas de Depressão

Segundo a OMS, até 2020, a depressão será a doença mais incapacitante de todo o mundo. A cada ano que passa, aumentam os casos globais. O Brasil é, inclusive, o campeão em depressivos da América Latina, com quase 6% da população diagnosticada. É evidente que precisamos colocar o entendimento sobre a doença em primeiro lugar, visto que a identificação dos sintomas de depressão é a chave para o tratamento adequado.

Infelizmente, grande parte de nossa população não compreende as implicações e a seriedade de uma enfermidade mental como essa. Mesmo hoje, é comum conhecermos pessoas que não acreditam na depressão, achando que se trata apenas de uma tristeza que pode ser contornada.

A depressão é uma epidemia

Dados estatísticos não mentem. A Harvard University realizou um levantamento sobre os sintomas de depressão em 18 cidades diferentes do Brasil. O resultado foi que a prevalência da doença em nosso país é maior do que a dos outros países em desenvolvimento.

Outra pesquisa, realizada pelo jornal O Estado de S. Paulo, também constatou que as mortes relacionadas com a doença aumentaram cerca de 705% em comparação com os 16 anos anteriores.

Identificando os sintomas de depressão

Agora que você já conseguiu compreender a seriedade dessa doença, é preciso saber qual os sintomas da depressão. A lógica vale para qualquer tipo de enfermidade: quanto antes for feito o diagnóstico, mais fácil, simples e assertivo será o tratamento.

É preciso lembrar que a doença envolve mudanças físicas, mentais, de humor, no sono e  em praticamente todos os âmbitos de sua vida. Conheça os sintomas de depressão:

  • sensação de vazio persistente, ansiedade, apatia geral, tristeza, solidão, desesperança;
  • mudanças repentinas de humor, perda de interesse nas atividades cotidianas e perda de energia;
  • excesso de sono ou dificuldade para dormir;
  • choro excessivo, sentimento de culpa e inutilidade;
  • fome e cansaço excessivos;  
  • ganho ou perda de peso exacerbado;
  • dificuldade de concentração;
  • pensamentos suicidas

É preciso lembrar que contar qual os sintomas da depressão não é um atestado de que você tem a doença. É necessário passar pela avaliação clínica de um psicólogo ou psiquiatra para conseguir um diagnóstico assertivo.

Caso você tenha gostado deste conteúdo e preza pela sua saúde e pela de sua família, não deixe de acompanhar o blog da Samel!

Descubra o melhor plano de saúde em Manaus, entre contato com a Samel e obtenha soluções em saúde para sua empresa. Solicite ainda hoje seu Plano Empresarial!