Aprenda a Identificar os Sintomas Da Ansiedade

Aprenda a Identificar os Sintomas Da Ansiedade

A ansiedade é algo que, de certa forma, é natural do ser humano. Pelo menos em algum momento de sua vida você já sofreu com isso, mesmo que por apenas um dia ou uma semana. Porém, há quadros que se agravam e podem virar sérios, sendo necessário tratamento com o apoio de especialistas.

Neste artigo, falaremos mais sobre o assunto e você vai aprender a identificar a ansiedade por meio dos sinais que ela dá. Confira!

O que é a ansiedade?

Sabe aquele sentimento de angústia, preocupação excessiva e medo que aparecem em ocasiões normais do dia a dia, como começar um novo emprego ou ficar esperando o resultado de um exame importante?

Se você já sentiu isso, saiba que teve um quadro de ansiedade. Até então, ela é vista apenas como uma emoção natural. Porém, se expressada de forma intensa e excessiva, vira doença e precisa ser tratada.  

Sintomas da ansiedade

Há alguns distúrbios de ansiedade como Síndrome do Pânico, fobias, Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), entre outros e níveis diferentes, porém, de modo geral, os sintomas mais característicos são:

  1. tensão;
  2. nervosismo;
  3. preocupação;
  4. medo;
  5. sensação de angústia, acreditando que algo ruim vai acontecer ou que tudo dará errado;
  6. pensamentos desorientados;
  7. insônia;
  8. agitação constante e tremores em partes do corpo;
  9. aumento da frequência cardíaca;
  10. dores no peito;
  11. transpiração excessiva;
  12. respiração ofegante ou falta de ar;
  13. fraqueza;
  14. cansaço;
  15. boca seca;
  16. dor de barriga e/ou diarreia;
  17. emagrecimento ou ganho de peso repentino.

Lembrando que todos esses sinais, em quadros de ansiedade, são elevados ao extremo e aparecem de forma contínua no dia a dia.

Muitas vezes, os pensamentos, medos e sensações são irracionais e estão apenas no imaginário da pessoa que está em crise.

Caso você comece a perceber estes sintomas de forma exagerada em seu cotidiano, é importante ir o quanto antes a um médico especialista (sendo os mais indicados psiquiatras ou psicólogos) para que ele avalie o caso e consiga dar o diagnóstico e tratamento corretos.

Como tratar a ansiedade?

Dependendo do grau de cada caso, é possível que o especialista receite ou não medicamentos (como antidepressivos).

Porém, há outros meios de tratamento, como a psicoterapia, terapia cognitivo-comportamental, prática de exercícios físicos, meditação, entre outros.

Cuide de sua saúde e consulte um médico especialista para encontrar o melhor tratamento para você. Confira mais artigos no blog da Samel.