Aprenda a Diferença Entre Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia

Aprenda a Diferença Entre Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia

Para entender a diferença entre miopia, astigmatismo e hipermetropia, é importante conhecer os detalhes sobre cada uma delas. 

Todas essas doenças oculares afetam a forma como os raios de luz passam pela córnea, dificultando a visão. Entenda mais a seguir!

Miopia: o que é?

A miopia é conhecida também como “visão curta” e o paciente que tem esse problema apresenta dificuldades para enxergar pessoas, objetos, frases e paisagens que estão longe. Isso ocorre porque a entrada de luz no olho acontece antes da retina, formando a imagem antecipadamente e, assim, gerando uma visão turva e desfocada.

É possível que a pessoa tenha miopia desde a infância ou desenvolva na adolescência. Além disso, doenças como diabetes e catarata também podem ocasionar o problema. 

Forçar muito a visão para enxergar pode agravar esse distúrbio ocular. Por isso, o uso de óculos ou lentes é indispensável. Dependendo do caso, também é possível fazer uma cirurgia para correção. 

Astigmatismo: o que é?

Neste problema, a entrada de luz olho atinge vários pontos focais, por conta de distorções na córnea ou no cristalino. Ou seja, quando há irregularidade nessas estruturas do olho, fazendo com que apresentem uma curvatura diferente do comum.

No astigmatismo, as imagens não ficam focadas e pode haver dificuldade para enxergar tanto de perto quanto de longe. É possível, também, que haja problemas para visualizar o que está na vertical ou na horizontal. 

Hipermetropia: o que é?

A hipermetropia, ao contrário da miopia, ocorre quando a entrada de luz no olho atinge um ponto focal depois da retina. O motivo para isso é o encurtamento do olho, fazendo com que a visão fique embaçada e desfocada para perto ou longe dependendo do grau da doença e da idade da pessoa afetada. 

Esse problema pode diminuir ao longo dos anos, conforme ocorra o crescimento do olho. Mas o esforço exagerado para conseguir enxergar pode acabar favorecendo ao surgimento do estrabismo, principalmente na infância. 

Entendeu a diferença entre miopia, astigmatismo e hipermetropia? Caso você esteja com problemas para enxergar, não deixe de consultar um oftalmologista imediatamente para que ele dê o diagnóstico correto e possa orientar sobre o melhor tratamento. 

Veja mais artigos como este no blog da Samel e fique por dentro dos assuntos sobre saúde e bem-estar